Criado GT para proposição do aperfeiçoamento do Sistema Tributário

Ministério da Economia cria GT para proposição do aperfeiçoamento do Sistema Tributário, com duração de dois meses

A novidade veio com a publicação da Portaria nº 548/2019 (DOU de 10/10), que instituiu o Grupo de Trabalho – GT para proposição do aperfeiçoamento do Sistema Tributário brasileiro.

O Grupo de Trabalho – GT disporá do prazo de sessenta dias, prorrogável por igual período, contado da data de publicação desta Portaria (10/10), para apresentar o relatório final.

 

Competência do GT

Compete ao GT elaborar as minutas dos textos legais, exposições de motivos e pareceres de mérito necessários à implementação do aperfeiçoamento do sistema tributário brasileiro.

 

Composição do GT

O GT será composto pelos seguintes membros:

I – Ministro de Estado da Economia, que o presidirá;

II – Procurador-Geral da Fazenda Nacional;

III – Secretário Especial da Receita Federal do Brasil;

IV – Secretário Especial de Fazenda;

V – Secretário Especial de Previdência e Trabalho;

VI – Secretário de Política Econômica; e

VII – um Assessor Especial do Ministro, a ser designado na primeira reunião.

Cabe ao presidente do GT designar o Secretário-Executivo do GT dentre os membros do grupo.

Cada membro do GT terá um suplente, que o substituirá em suas ausências e seus impedimentos.

Os membros suplentes do GT serão indicados pelos respectivos membros permanentes e designados pelo Secretário-Executivo do GT.

 

Especialistas poderão participar do GT

De acordo com a Portaria, o presidente do GT poderá solicitar a participação de especialistas e, representantes de outros órgãos e entidades, inclusive da sociedade civil, para assessoramento técnico aos trabalhos.

O Gabinete do Ministro da Economia prestará o apoio administrativo necessário aos trabalhos do GT.

 

Reuniões do GT

O GT se reunirá em caráter ordinário mensalmente e, em caráter extraordinário, sempre que convocado por seu Presidente.

As reuniões do GT serão, preferencialmente, presenciais e ocorrerão no Distrito Federal.

O quórum de reunião do GT é a totalidade de seus membros e a deliberação será de maioria simples.

 

Atividade não remunerada

A participação no GT será considerada prestação de serviço público relevante, não remunerada.

A Portaria nº 548/2019 do Ministério da Economia, que instituiu o GT já está em vigor a partir de hoje, 10 de outubro.

 

Oportunidade de participar da Reforma Tributária

Operadores das normas tributárias, este é o momento de participar juntamente com as entidades de classe da Reforma Tributária.

Sabe aquela “mazela tributária”? Agora é hora de sugerir a extinção ou alteração.

Confira aqui integra da Portaria nº 548/2019.

 

Quer saber mais informações sobre o tema? Acompanhe o Termômetro da Reforma Tributária do SESCON-SP

www.sescon.org.br/site/reforma

Leia mais:

Reforma Tributária: Quem deve acompanhar e participar?

Reforma Tributária: Setor de Serviço quer  barrar proposta que unifica PIS e COFINS

Receita cria conselho de especialistas para a Reforma Tributária

Exportação de Serviços e a desoneração dos tributos

 

_________________________MAIS INFORMAÇÕES SOBRE A EMPRESA SIGA O FISCO__________________________
Quer se manter atualizado? Tem interesse em receber notícias deste Portal? Ao acessar qualquer matéria informe seu e-mail (clique na figura do envelope – basta informar uma única vez). Siga o Fisco®, estabelecida no município de São Paulo, é uma empresa que oferece serviços de consultoria, Cursos, Treinamento (da sua equipe, do seu cliente e fornecedor), e Palestras (tributos indiretos: ICMS, ISS, IPI, PIS/Cofins e Simples Nacional). Temos ainda o Serviço do Especialista Fiscal que vai até a sua empresa (um programa adaptável às necessidades do cliente). Interessados em nossos serviços poderão entrar em contato. Você sabia que a empresa Siga o Fisco® pode te ajudar ainda que a distância? Parceiros com Ferramentas que auxiliam na rotina contábil e fiscal:
Quer divulgar seu produto neste Portal? Entre em contato!
O Portal Siga o Fisco foi criado para compartilhar informações de interesse dos contribuintes e profissionais que atuam na área contábil, fiscal e tributária. Entendemos que todas as atividades são importantes, inclusive as de fiscalizações realizadas pelos órgãos federais, estaduais e municipais, que muitas vezes ajudam a combater a concorrência desleal.

0 Comentários