Siga o Fisco

Ainda não acessou a nova plataforma do Blog Siga o Fisco?

Confira matérias publicadas durante o mês de outubro no novo portal www.sigaofisco.com.br:



___________________________________________________________________________________________________________________
Quer manter-se atualizado?
Tem interesse em receber notícias da nova plataforma do Blog Siga o Fisco? Ao acessar qualquer matéria na nova plataforma www.sigaofisco.com.br informe seu e-mail (clique na figura do envelope – basta informar uma única vez).

Siga o Fisco é uma empresa que oferece serviços de consultoria, Cursos, treinamento (da sua equipe, do seu cliente e fornecedor), cursos e palestras (tributos indiretos: ICMS, ISS, IPI, PIS, Cofins e Simples Nacional). Temos ainda o Serviço do Especialista Fiscal que vai até a sua empresa (um programa adaptável às necessidades do cliente). Interessados poderão entrar em contato: sigaofisco@sigaofisco.com.br


Siga o Fisco

Compartilhe nas redes:

Ainda não acessou a nova plataforma do Blog Siga o Fisco?

Confira matérias publicadas durante o mês de setembro no novo portal www.sigaofisco.com.br:
__________________________________________________________________________________
Quer manter-se atualizado?
Tem interesse em receber notícias da nova plataforma do Blog Siga o Fisco? Ao acessar qualquer matéria na nova plataforma www.sigaofisco.com.brinforme seu e-mail (clique na figura do envelope – basta informar uma única vez).
Siga o Fisco é uma empresa que oferece serviços de consultoria, Cursos, treinamento (da sua equipe, do seu cliente e fornecedor), cursos e palestras (tributos indiretos: ICMS, ISS, IPI, PIS, Cofins e Simples Nacional). Temos ainda o Serviço do Especialista Fiscal que vai até a sua empresa (um programa adaptável às necessidades do cliente). Interessados poderão entrar em contato: sigaofisco@sigaofisco.com.br


Siga o Fisco

Compartilhe nas redes:

Depois de seis anos no ar o Blog Siga o Fisco ganha nova Plataforma.
Pioneiro em divulgar mudanças tributárias em 1ª mão.
Mais de 90% dos leitores do Blog Siga o Fisco em todo o país são contadores.

Depois das matérias ganharem o mercado  nacional, Siga o Fisco se tornou uma empresa de palestras, treinamento, cursos e consultoria (ICMS, ICMS-ST, ISS, IPI, PIS, Cofins e Simples Nacional). 
Siga o Fisco oferece também o serviço de Especialista Fiscal (programa adaptável às necessidades de cada cliente).

Interessados poderão divulgar seus produtos, serviços e eventos.
sigaofisco@sigaofisco.com.br
Siga o Fisco foi idealizado por Josefina do Nascimento – Jô Nascimento, especialista em ICMS e tributos indiretos, atuou por quase 20 anos em escritório contábil.

Para receber as atualizações da nova plataforma do Blog, ao acessar qualquer matéria no endereço eletrônico:  www.sigaofisco.com.br clique na figura do envelope e informe seu e-mail.


Confira aqui mais informações.


Siga o Fisco

Compartilhe nas redes:

Caros leitores e seguidores acesse a nova Plataforma do Blog Siga o Fisco:

Para receber nossas atualizações informe seu e-mail.

Aproveite a visibilidade da Plataforma Siga o Fisco para divulgar seus produtos e serviços.


Siga o Fisco

Compartilhe nas redes:

Confira a agenda do mês de julho de 2017 do Siga o Fisco:

– Lançamento da nova plataforma do Blog Siga o Fisco (alguns dias o Blog não terá novas postagens)

– 22 de Julho Curso em São Paulo: CEST e os Impactos no ICMS-ST

– 24 De volta a São Paulo o serviço Especialista Fiscal
Equipe Siga o Fisco


Siga o Fisco

Compartilhe nas redes:

No mês em que completa seis anos, o Blog Siga o Fisco ganha nova plataforma.


Aguardem!


Siga o Fisco

Compartilhe nas redes:

Notícias Tributárias que fazem a diferença!




Depois de quase seis anos no ar, Siga o Fisco vai receber uma nova roupagem, sem perder a sua essência. Aguardem!



Siga o Fisco

Compartilhe nas redes:

Participamos da audiência pública realizada em São Paulo no último dia 22 de maio
A nossa bandeira para implantação da Reforma Tributária (reforçada por vários leitores deste canal através de sugestões):
Redução da burocracia com a simplificação, sem aumento da carga tributária;
Redução da carga tributária; e
Fim da Guerra Fiscal.
“Não é razoável manter a cobrança de vários tributos sobre a mesma base, como ocorre com o PIS e a COFINS”.  Neste ponto, não podemos permitir que a simplificação resulte em aumento da carga tributária.
A audiência pública foi realizada na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. 
Segundo o deputado Itamar Borges nesse momento precisamos ter foco e ajudar o país avançar na reforma tributária. “A crise econômica enfrentada pelo Brasil mostra que precisamos resolver problemas estruturais, que perduram por décadas. Temos que simplificar, desonerar, combater a sonegação e enfrentar a guerra fiscal”, afirmou.
O deputado Luiz Carlos Hauly, relator da Reforma Tributária, realizou uma detalhada apresentação sobre a situação tributária brasileira e comparou a forma como o país cobra os seus tributos com diversos outros países do mundo. “Como todo empresário sabe, vivemos um caos tributário. Taxamos o consumo, o que inibe o desenvolvimento econômico e penaliza os mais pobres”, afirmou.
Principais pontos da Proposta da Reforma Tributária:

Carta de São Paulo pela Reforma Tributária
Durante o encontro o deputado Luiz Carlos Hauly recebeu das mãos do deputado Itamar Borges e de representantes de entidades que fazem parte da FREPEM, como FIESP, FECOMERCIO, SESCON-SP, SEBRAE, FACESP, CRC-SP, ACSP, FECONTESP, SINDCONT, OAB, universidades, entre outras, a Carta de São Paulo com sugestões para a Reforma Tributária.
A carta defende princípios e recomendações para: simplificação do sistema tributário; fim da guerra fiscal; redução da carga tributária; não instituição de novos tributos; novos prazos de prescrição e decadência; prazo de 60 dias para cumprimento das obrigações acessórias; inserir no sistema tributário nacional o simples nacional; desoneração tributária completa de investimentos e exportações; não-cumulatividade plena na tributação de bens e serviços; aumento dos tratados internacionais para evitar dupla tributação.
De acordo com o relator, Deputado Hauly, “o texto da Reforma Tributária deve ficar pronto em julho deste ano e depois será submetido à audiência pública na internet para receber sugestões e críticas, antes de ir ao plenário”.  
Água mineral
Nesta ocasião, o Deputado Hauly depois de ouvir o depoimento do presidente da Associação Brasileira da Indústria de Águas Minerais – ABINAM, se comprometeu a inserir no texto da reforma água mineral na lista de alimentos. “Há muito tempo este produto está na lista de bebidas frias e sofre a pior tributação com o regime da Substituição Tributária do ICMS, calculado com base em pauta”, lamenta o presidente da ABINAM.
No depoimento, o presidente da ABINAM, Carlos Alberto Lancia, lamentou acerca da tributação: “embora água seja um alimento o fisco não entende assim”.
Vamos continuar acompanhando e contribuindo para a “Reforma Tributária sair do papel”
A carga tributária é alta? A burocracia é um entrave no empreendedorismo? Podemos melhorar o ambiente de negócios com a desburocratização e a simplificação?
Não basta reclamar, é necessário participar!
Leia mais:


Siga o Fisco

Compartilhe nas redes:

Compartilhe nas Redes!