SP: Crédito de ICMS pago a maior

ICMS – Crédito pagamento a maior – Siga o Fisco

Por Josefina do Nascimento

Crédito de ICMS pago a maior, um procedimento rápido, fácil e direto na apuração independentemente de autorização!


ICMS – Crédito pagamento a maior – GARE- Siga o Fisco

Contribuinte paulista que apura o imposto através do Regime Periódico de Apuração pagou ICMS a maior? Veja como usar o valor pago indevidamente direto na apuração.

Como usar o crédito?

Compense o valor direto na apuração sem qualquer processo o crédito de ICMS pago o maior.

Forma:

Lance o valor do crédito de ICMS pago a maior direto em Outros Créditos na Apuração do Imposto.

Mas é só isto? Esta informação deve constar na GIA e também na Escrituração Fiscal Digital – EFD-ICMS/IPI.

GIA – Ocorrência

EFD-ICMS: Portaria CAT 147/2009

Fundamentação Legal: Inciso II, do art. 63 do RICMS/SP.

SEÇÃO IV – DOS OUTROS CRÉDITOS

Artigo 63 – Poderá, ainda, o contribuinte creditar-se independentemente de autorização (Lei 6.374/89, arts. 38, § 4º, 39 e 44, e Convênio ICMS-4/97, cláusula primeira):

II – do valor do imposto pago indevidamente, em virtude de erro de fato ocorrido na escrituração dos livros fiscais ou no preparo da guia de recolhimento, mediante lançamento, no período de sua constatação, no livro Registro de Apuração do ICMS, no quadro “Crédito do Imposto – Outros Créditos”, anotando a origem do erro.

Esta regra vale tanto para ICMS normal como também para o ICMS-ST.

Assim, é possível o lançamento a crédito no Livro Registro de Apuração do ICMS (juntamente das operações normais), da diferença paga a maior em virtude de erro no preparo da guia de recolhimento do ICMS normal e ICMS/ST (artigo 63, II, do RICMS/2000).

O que diz a Consultoria Tributária do Estado de São Paulo:

Sobre este tema, a Consultoria Tributária do Estado de São Paulo já se manifestou diversas vezes através de Respostas à Consulta Tributária.

Confira algumas Respostas às Consultas Tributárias que versam sobre o tema:

ICMS normal

RESPOSTA À CONSULTA TRIBUTÁRIA 18997/2019, de 30 de Janeiro de 2019.

Disponibilizado no site da SEFAZ em 12/02/2019.

Ementa   ICMS – Crédito – Pagamento a maior em virtude de erro de fato no preparo da guia de recolhimento de imposto.   I. É possível o lançamento a crédito no Livro Registro de Apuração do ICMS do valor do imposto pago indevidamente em decorrência da indicação incorreta do código de receita na guia de recolhimento, e desde que já tenha sido realizado o pagamento com o código adequado (artigo 63, inciso II, do RICMS/2000).

ICMS-ST

Confira Ementa da Resposta à Consulta Tributária 16353/2017:

Ementa   ICMS – Crédito – Pagamento a maior em virtude de erro de fato no preparo da guia de recolhimento de imposto, devido a título de sujeição passiva por substituição (‘ICMS/ST’). I – É possível o lançamento a crédito no Livro Registro de Apuração do ICMS (juntamente das operações normais), da diferença paga a maior em virtude de erro no preparo da guia de recolhimento de ICMS/ST (artigo 63, II, do RICMS/2000).  

Crédito de ICMS pago a maior, um procedimento rápido, fácil e direto na apuração sem qualquer processo!

Leia mais:

SP – Contribuinte pode creditar-se de valor pago indevidamente a título de ICMS-ST

____________________________________________________________________________

Quer manter-se atualizado?

Tem interesse em receber notícias deste blog? Ao acessar qualquer matéria informe seu e-mail (clique na figura do envelope – basta informar uma única vez).

Siga o Fisco  estabelecida no município de São Paulo, é uma empresa que oferece serviços de consultoria, Cursos, Treinamento (da sua equipe, do seu cliente e fornecedor), e Palestras (tributos indiretos: ICMS, ISS, IPI, PIS/Cofins e Simples Nacional). Temos ainda o Serviço do Especialista Fiscal que vai até a sua empresa (um programa adaptável às necessidades do cliente). Interessados em nossos serviços poderão entrar em contato.

Parceiros: Quer divulgar seu serviço?Você  que possui ferramenta que pode auxiliar nas rotinas fiscais e contábeis e quer ser nosso parceiro, entre em contato.

Compartilhe nas redes:

2 Comentários

  1. Judson Lima 3 meses ago

    Boa Tarde;

    Posso me creditar de qualquer valor na Gia ou apenas 50 UFPs?

    Responder Gostei Não gostei
    1. Jô Nascimento
      Jô Nascimento 3 meses ago

      Judson, bom dia!
      Não há limite quando se tratar de valor pago indevidamente em razão de erro no recolhimento (caso apresentado nesta matéria) ou erro na escrituração.
      O limite de crédito de 50 UFESPs em SP, ocorre quando se tratar de valor destacado em documento fiscal, tema que será tratado em outra matéria aqui neste Portal.

      Responder Gostei Não gostei

Compartilhe nas Redes!