PIS/COFINS – Projeto em andamento prevê apenas o regime não cumulativo para apurar as contribuições

Por Josefina do Nascimento
Projeto em andamento ameaça aumentar a carga tributária para o setor de serviço. Medida prevê aumento do PIS/COFINS de 3,65% para 9,25%.
Esta é a reforma fiscal? Primeiro o governo aumenta a carga tributária com promessa de redução posterior?
Proposta em tramitação prevê apenas o regime não cumulativo para apurar o PIS e a COFINS. Mas o setor de serviços teme ter de pagar novamente a conta, já que não tem crédito (insumo) para abater.
Hoje várias empresas prestadoras de serviços apuram o PIS e COFINS pelo regime cumulativo (3,65%).
O brasileiro é otimista sim, mas também muito desconfiado das promessas de redução da carga tributária.
“Estamos de olho na reforma fiscal”.
Leia mais:


Siga o Fisco

Compartilhe nas redes:
error

Você pode gostar

0 Comentários

error

Compartilhe nas Redes!