O mercado reconhece o profissional atualizado

Por Josefina do Nascimento
Neste mundo chamado fiscal, não há limites para revogação, alteração e criação de novas regras tributárias
Se nas empresas vive-se uma incansável busca pela melhor performance, para reduzir custos, aumentar o faturamento, o governo seja federal, estadual ou municipal não é diferente, mas neste caso quem paga a conta é o contribuinte, ora porque um benefício foi revogado, ora porque o fisco cria ou aumenta tributos, ora porque criou novas obrigações acessórias.
Assim, aquele que pretende fazer carreira nesta área é necessário estudar diariamente, sob pena de ficar fora do mercado.
Portanto, para se destacar ou manter-se neste mercado cada vez mais competitivo, atualize-se diariamente.
Participe de eventos, cursos e congressos, além de manter-se atualizado ainda faz networking.
Siga o Fisco há seis anos oferece aos seus leitores e seguidores informações importantes deste “mundo” chamado fiscal.
O nosso desafio diário é tentar através de matérias externar regras tributárias e fiscais que impactam no dia a dia das empresas e dos profissionais que nela atuam.

Em breve será oferecido ao leitor um formato mais moderno, mais interativo e com mais funcionalidades, agendas de cursos presenciais e também a distância.

Aguardem!


Siga o Fisco

Compartilhe nas redes:

Você pode gostar

0 Comentários

Compartilhe nas Redes!